A. TRABALHOS ORIGINAIS

 

Os trabalhos originais submetidos a apresentação no CPC2016 serão avaliados por um conjunto alargado de peritos. Para além de servirem para a revisão pelos “pares” e para a seleção das comunicações a congresso, essa avaliação será a base de trabalho a partir da qual serão selecionados os trabalhos candidatos a prémios durante o CPC2016.

Para além dos prémios e bolsas da Sociedade Portuguesa de Cardiologia – que são sujeitos a regulamento próprio (ver em www.spc.pt) - existem 5 prémios a atribuir a trabalhos originais submetidos ao CPC2016. Todos os resumos que cumpram os critérios de seleção de cada prémio serão automaticamente candidatos ao mesmo.

A cerimónia de anúncio e entrega de prémios decorrerá durante a sessão de encerramento do congresso.

 

1- "A melhor comunicação do CPC2016" (2000 €)

Apoio Orion Pharma

 

Será feita, com base na classificação dos peritos do Congresso Português de Cardiologia, uma pré-selecção dos 3 melhores classificados em cada área de submissão. Destes, um júri de selecção de cinco elementos elegerá os três melhores trabalhos submetidos – que serão candidatos ao prémio. Estas três apresentações decorrerão nas sessões de comunicações orais dos respectivos temas durante o CPC2016. Um júri avaliador de três elementos assistirá às apresentações e decidirá o vencedor, tendo em conta a qualidade do resumo, da apresentação e da discussão.

 

A comunicação vencedora receberá um prémio pecuniário no valor de 2000 €.

 

2- "Prémio Manuel Machado Macedo - SPC" (2000 €)

  Regulamento

 

Será feita, com base na classificação dos peritos do Congresso Português de Cardiologia, uma pré-selecção dos 10 melhores resumos cujo primeiro autor seja cirurgião cardiotorácico ou interno de cirurgia cardiotorácica. Destes, um júri de seleção de 3 elementos, maioritariamente composto por cirurgiões cardiotorácicos, elegerá 2 trabalhos a serem apresentados ao Congresso em sessão especial. Na sessão especial de prémios, um júri de avaliação de três elementos, de composição semelhante, decidirá o vencedor, tendo em conta a qualidade do resumo, da apresentação e da discussão.

 

A comunicação vencedora receberá um prémio pecuniário no valor de 2000 €.

 

3- "Prémio Jovem investigador - lnvestigação Básica" (1500 €)

  Regulamento

Apoio Medinfar

 

Será feita, com base na classificação dos peritos do Congresso Português de Cardiologia, uma pré‐selecção dos 3 melhores classificados em cada área de submissão. Destes, um júri de seleção de cinco elementos elegerá 2 trabalhos em investigação básica cujo primeiro autor tenha menos de 35 anos (inclusivé) e nacionalidade portuguesa ou seja nacional de um país de língua oficial portuguesa e que tenha pelo menos um especialista ou interno de Cardiologia, Cardiologia Pediátrica ou Cirurgia Cardíaca nos três primeiros autores. Na sessão especial de prémios, um júri avaliador de três elementos decidirá o vencedor, tendo em conta a qualidade do resumo, da apresentação e da discussão.

 

A comunicação vencedora receberá um prémio pecuniário no valor de 1500 €.

 

4- "Prémio Jovem investigador - lnvestigação Clínica" (1500 €)

  Regulamento

Apoio Medinfar

 

 

Será feita, com base na classificação dos peritos do Congresso Português de Cardiologia, uma pré‐selecção dos 3 melhores classificados em cada área de submissão. Destes, um júri de seleção de cinco elementos elegerá 2 trabalhos em investigação básica cujo primeiro autor seja especialista ou interno de Cardiologia, Cardiologia Pediátrica ou Cirurgia Cardíaca, tenha nacionalidade portuguesa ou seja nacional de um país de língua oficial portuguesa e tenha menos de 35 anos (inclusivé) para serem  apresentados em sessão especial do congresso. Na sessão especial de prémios, um júri avaliador de três elementos decidirá o vencedor, tendo em conta a qualidade do resumo, da apresentação e da discussão.

 

A comunicação vencedora receberá um prémio pecuniário no valor de 1500 €.

 

 

5- Prémio CUTEheart

Saber mais

 

 

Será feita, com base na classificação dos peritos do Congresso Português de Cardiologia, uma selecção dos 5 melhores classificados no âmbito da “avaliação de tecnologias na doença cardiovascular” que tenham sido submetidos sob os temas “Dispositivos”, “Cardiologia de Intervenção”, “Epidemiologia e Políticas de Saúde”, “Farmacologia e Farmacoterapia” ou “Informática em Cardiologia”. Estes trabalhos serão apresentados em sessão de cartazes especial, a realizar na tarde de Sábado, dia 23 de Abril. Nessa sessão, um júri de 3 elementos indicado pelos organizadores do Workshop promovido pelo projecto CUTEheart decidirá o vencedor, tendo em conta a qualidade do resumo, da apresentação e da discussão.

 

A comunicação vencedora receberá um prémio (a indicar brevemente pela organização do workshop).

 

 

 

B. CASOS CLÍNICOS

 

No CPC 2016 haverá um novo formato de sessão que pretende discutir de forma interativa (com o apoio do sistema de televoto) a abordagem de casos clínicos desafiantes e complexos.

Os trabalhos enviados serão analisados por uma comissão de peritos de acordo com os seguintes critérios: Originalidade, Iconografia, Mensagem e Didatismo, Apresentação Oral e Discussão, Impressão Geral. Durante o CPC2016 serão apresentados 8 casos.

A apresentação será feita oralmente. Cada palestrante terá, no máximo, 10 minutos para apresentação do caso (já incluindo pelo menos 3 votações com televoto) a que se segue a discussão num total de 10 minutos.

Os moderadores das duas sessões preencherão uma grelha de avaliação para cada caso apresentado. A selecção do caso vencedor terá em consideração a seriação efectuada após a classificação obtida durante as sessões, bem como a discussão entre os 4 moderadores dos casos clínicos.

 

Ao autor do “Melhor Caso Clínico” será financiada uma participação no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Roma.

 

C. CASOS DE IMAGEM

  Regulamento

 

O Congresso Português de Cardiologia 2016 (CPC2016) contará, no seu programa, com 3 sessões de comunicações orais dedicadas à apresentação de Casos de Imagem.

A Comissão Organizadora nomeará um júri de pré-seleção composto por quatro grupos de três elementos, peritos em imagem cardiovascular. Cada grupo  avaliará, de forma cega, um conjunto de resumos (de entre a totalidade dos resumos submetidos).

Os resumos serão classificados de acordo com quatro critérios: raridade/originalidade, iconografia, didatismo e impressão geral. A nota final, entre 0 e 20 pontos, será a média das classificações atribuídas por cada um dos três avaliadores.

Esta classificação determinará os 18 resumos selecionados para apresentação em cada uma das três sessões do CPC2016 (seis por sessão).

Em cada uma destas sessões, os dois moderadores nomeados pela comissão organizadora escolherão um resumo, tendo por base os mesmos critérios do júri de pré-seleção.

Os três Casos selecionados nas sessões anteriores serão novamente apresentados numa Sessão Principal, a decorrer no dia 26 de Abril de 2016 às 15h30. Um painel de avaliação, constituído pelos dois moderadores e 3 peritos, elegerá então o Melhor Caso de Imagem do CPC2016.

 

O primeiro autor do Caso vencedor receberá um prémio a anunciar oportunamente.

 

 

Estas informações não dispensam a consulta do regulamento destes prémios.

© SPC 2016 - Sociedade Portuguesa de Cardiologia - Todos os direitos reservados.